Diário de um fumador

Apenas o desespero na forma de palavras

16 de maio de 2008

Foda-se!

Foda-se para as palavras!
Foda-se para os silêncios!
Foda-se para os cigarros,
que colmatam as palavras e os silêncios.
Quero, preciso, desaparecer no fumo azulado
e reaparecer na chama avermelhada
de quem mata de repente a vontade de morrer.

4 comentários:

Júlia disse...

Estás mesmo mal! Não te rendas agora!
Se hoje o dia não foi bom, amanhã há-de ser melhor, vais ver!
Pensa positivo; tu és forte!
1 Beijo.

Júlia disse...

... de qualquer maneira, esse teu desassossego inspirou-te para escrever um belo texto (pronto, não estou a ligar ao fo**-** :)

monica disse...

foda-se par tudo o que lhe faz sofrer ou o deixa triste...

Anónimo disse...

:(

Reduzido a cinza

A minha foto
Canas de Senhorim, Viseu, Portugal
À espera de palavras...