Diário de um fumador

Apenas o desespero na forma de palavras

27 de fevereiro de 2008

1º dia sem adesivos

Ainda por cima com um valente almoço de aniversário de um amigo.
A manhã não custou a passar. As aulas lá iam ocupando o pensamento.
A tarde foi mais complicada. Principalmente, a seguir ao almoço, onde pensei em acender um cigarro. Ainda por cima sem adesivo no braço. O aniversariante fumava, por isso seria fácil cravar tabaco.
Pensei nisso três ou quatro vezes. Depois não pensei mais, até ao jantar. Depois do jantar, pensei na ausência do adesivo duas vezes.
Agora, enquanto escrevo, só constato, nem sequer estou realmente a pensar.
Não tenho adesivo, e depois? Lá me vou aguentando.

3 comentários:

monica disse...

parabens
isto é mais uma batalha ultrapassada.
espero que dia após dia esta batalha se torne mais facil para si. e como disse " lá me vou aguentando" espero então que aguente muitos e longos anos.

Farpas disse...

E então hoje não há escrita? Deixa-me adivinhar estás naquela terra com nome de cão com um barril pendurado ao pescoço? ;p

Rui disse...

é verdade, amigo!
LOL

Reduzido a cinza

A minha foto
Canas de Senhorim, Viseu, Portugal
À espera de palavras...