Diário de um fumador

Apenas o desespero na forma de palavras

27 de janeiro de 2008

O consumo de álcool dá vontade de fumar

Acordei sem pré-aviso! De certeza que já vos aconteceu.
Há diferentes formas de acordar. Uma, a mais habitual, é com o despertador. Outra, as do fim-de-semana, é aquele acordar aos poucos - abrimos os olhos, voltamos a fechar, dormimos mais um pouco, acordamos outra vez... Outra forma de acordar, que foi a que experimentei hoje, é abrir os olhos e já está. Sem razão aparente, acordamos e não somos mais capazes de dormitar. Normalmente, este acordar vem acompanhado de um ligeiro acelerar do coração, como que em pânico, mas esta manhã não foi assim. Acordei calmo e sereno. Como vi que não conseguia dormir mais, levantei-me e fui fazer um café. Para um Domingo, dormi muito pouco. E é esse o motivo que me leva a escrever-vos: o sábado à noite!
Fui ao Baile de Finalistas dos meus alunos da Escola Profissional de Tondela. O primeiro dia deles na Profissional coincidiu com o meu primeiro dia também. Foram os meus primeiros alunos, o que, de certa forma, me traz uma estranha nostalgia. Recordei com outros professores, na noite passada, os três anos de aulas... e o instante em que passaram. Por isso, apesar de inicialmente não me apetecer muito, fui jantar com eles e com as famílias. Depois do jantar, fiz uma coisa que já não fazia desde o dia 1 de Janeiro de 2008. Bebi bebidas alcoólicas, mais exactamente 2 beirões e meio, que o terceiro já não consegui beber até ao fim.
É um facto: O consumo de bebidas alcoólicas puxa a vontade de fumar! Mas fiz o mais certo, apesar de isso contrariar os meus desejos. Peguei em mim e vim para casa. Se ficasse mais uns minutos no baile, de certeza que acabaria por fumar.
Esta manhã, digamos que acordei com meia ressaca. Em situações semelhantes, há 27 dias atrás, acordava ressacado de álcool e tabaco.
Hoje não foi assim. Acordei meio ressacado... nem sequer é uma ressaca completa de álcool e muito menos de cigarros.
Acordei cedo, sobressaltado... mas aliviado por ter conseguido aguentar mais um dia.

2 comentários:

monica disse...

ola setorito!
desde já quero lhe dizer que estava mt elegante de fato.
confesso que foi estranho para mim, ver o setor num habiente de festa e sem o seu habitual cigarro na mão.
quando o vi ao longe, sou sincera olhei logo para as suas mãos e claro que fiquei contente por não estar acompanhado pelo maldito cigarro.
so é pena ter vindo cedo para casa, mas não faz mal, assim consegui terminar mais um dia sem fumar,
parabéns

Rui disse...

;)
obrigado mónica! Pelo apoio e pelos elogios.

Reduzido a cinza

A minha foto
Canas de Senhorim, Viseu, Portugal
À espera de palavras...