Diário de um fumador

Apenas o desespero na forma de palavras

28 de agosto de 2008

Excertos de Paixão IV

"Trago-te debaixo da minha pele. Apanhaste-me desprevenido. Atingiste-me o coração, pecado meu. E agora é tarde para tudo senão para escrever. O teu coração tão branco a bater perto de mim. Embora o não ouvisse sei que estava lá".
Paixão, in "Ladrão de fogo" (2005)

1 comentário:

Helena disse...

PARABÉNS Rui...
Que este dia seja cheio de coisas boas...

Beijinhos

Reduzido a cinza

A minha foto
Canas de Senhorim, Viseu, Portugal
À espera de palavras...